top of page
  • louisealencar

Trazer à memória aquilo que nos traz esperança

"Quero trazer à memória o que me pode dar esperança."

Lamentações 3.21


Ah, como são enganosos os pensamentos dessa vida... Já reparou? Quantas vezes nos vimos em situações que pareciam sem escapatória, sem mudança, e, eventualmente, elas passaram e se resolveram? Enquanto passamos por momentos difíceis, eles parecem durar uma eternidade. Então, passamos a acreditar em uma mentira de que essa situação não vai mudar. Seja um luto, uma perda de algo precioso, ou uma frustração, nosso coração, enganoso por sinal, prende-se àquela dor, de modo a deixar o momento presente ditar o seu futuro.

Porém, a Bíblia nos ensina uma coisa importante para nos ajudar a enfrentar essa situações: trazer à memória aquilo que nos dá esperança. O profeta Jeremias escreveu esse versículo em um momento de grande dificuldade e tristeza nacional (o Império Babilônico tinha dominado Jerusalém) e, em meio às suas lamentações, um reflexo de esperança parece surgir na sua mente: lembrar-se daquilo que pode animá-lo. Esse esforço, por mais que difícil, tem um poder importante nas nossas vidas, o poder de refrigério e de tirar os olhos da nossa tristeza, ou seja, de mudar o foco. A Palavra também diz, em 2Cortíntios 4 (carta escrita por Paulo), que a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um eterno peso de glória. O Senhor verdadeiramente se preocupa com todas as nossas dores e problemas. Ele tanto se preocupa que prepara para nós, em Cristo Jesus, algo inimaginável pelos nossos olhos e mentes limitadas.

Assim, Ele nos convida a tirarmos o foco da dor que nos aflige e a olhar para as razões de termos esperança. Jeremias, logo depois, diz:

"As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nele."

(Lamentações 3.22-24)

Para o profeta, lembrar-se de quem o Senhor é, trouxe alívio para a sua alma. Sim, eles estavam sofrendo, mas o Deus deles, o nosso Deus, é misericordioso, de maneira que eles poderiam confiar - sim, confiar - no caráter do Senhor. Não importava a situação nem o quão desesperadora ela pudesse parecer, Jeremias afirma: eu vou esperar em Deus, Ele é a fonte da minha esperança. Sei que posso confiar Nele. Querido, o mundo pode tentar roubar a sua esperança, te trazer dúvidas sobre Aquele em quem você confia, mas faça como Jeremias e Paulo, faça calar seus medos e corra para os braços seguros do Deus que nunca te desampara.

Em Jesus nós temos uma nova garantia de vida e esperança, porque Ele é a própria vida. Por meio Dele, que tanto sofreu, recebemos cura e restauração para as áreas mais obscuras do nosso coração, e temos a promessa da vida eterna, quando "(...) a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram." (Apocalipse 21.4). Em Isaías 53.5 diz que, por meio dos machucados de Jesus, nós somos curados. Te convido a fechar os olhos agora e imaginar as águas, que saem das feridas de Jesus, entrarem no seu coração e na sua mente. Sim, elas estão te trazendo renovo e esperança para essa nova fase e para que você continue com a sua caminhada.

Por isso, querido, não perca a esperança e lembre-se de que, muitas vezes, a realidade de hoje, tão latente, é passageira, mas o que ficará são as coisas que ainda não se veem, garantidas por Jesus. Respire bem fundo e sinta o Senhor te renovando. Ele está contigo.

Um grande abraço!




6.937 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page